Nota aos visitantes

11/12/2015 00:54

Olá!

Estamos chegando no período mais importante da cristandade; o advento do Menino Jesus!

De presente, um poema natalino.

Natal no Seridó

O terreiro bem varridinho,
a vassoura encostada à janela da casa,
Bom-dia e Boa-noite saudando a todos,
o pote cheio, o caneco areado e
brilhando, a chaleira em cima do fogo
de brasa, a cama bem forrada com uma
colcha de fuxico, um vestido de chita,
engomado e no camiseiro, para a missa
da noite santa, um chapéu de couro
pendurado num mourão, uma imagem
de Nossa Senhora e o Menino Jesus na parede
enfeitada por um rosário de contas azuis,
um gato dormindo no tapete de retalho, um
chocalho sininando e um galo anunciado:

É Natal no Seridó.

Maria Maria Gomes

 

Crédito da foto: portalanaroca.com.br


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!